TENDÊNCIA COSMOPOLITA LEVA RESTAURANTES PARA BAIRROS DISTANTES DOS POLOS GASTRONÔMICOS DE SÃO PAULO

Qual é o mapa da gastronomia de São Paulo? Há alguns anos, a maioria dos restaurantes se concentrava nos Jardins, o que transformou a região no polo gastronômico da cidade. Hoje, as luzes estão voltadas para o Itaim onde abriram algumas das casas mais comentadas recentemente. Mas a qualidade gourmet não se restringe a esses dois bairros.

Empresários e chefs acreditam cada vez mais na tendência cosmopolita de que os moradores preferem se divertir na mesma região onde moram e apostam no sucesso ao localizar os seus empreendimentos sofisticados, comuns nos pólos tradicionais, em bairros dormitórios como o Tatuapé, Perdizes, Moóca e Santana, entre outros.

O Hakken, no Tatuapé, possui cozinha equipada comparada às melhores do mundo e cardápio executado pelo competente chef Alexandre Higa. Em sociedade com mais três amigos, os irmãos Alexandre Arakaki (formado na área financeira) e Marcelo Arakaki (empresário) e Jaime Iogui, procuraram pontos por toda a cidade, mas resolveram optar pelo bairro da Zona Leste. Felizes com o sucesso da empreitada, percebem que a melhor propaganda neste caso é a indicação boca a boca, já que os moradores acabam indicando a casa para os amigos, que são vizinhos, pais de alunos que estudam na mesma escola, colegas de trabalho, etc.

O executivo do ramo hoteleiro Georges Hutschinski, que já foi proprietário de um restaurante na África Sul, hoje dono do Killa, em Perdizes, veio com uma proposta bastante audaciosa. Resolveu instalar, em primeira mão, em São Paulo, a casa de comida novoandina. Novo conceito, nova cozinha, em um bairro que concentra grandes empreendimentos imobiliários. Hoje vê o restaurante recebendo, além dos moradores do bairro, visitantes de outras localidades da cidade.

Em Santana, o A&C Sushi, de comida japonesa, levou comida de qualidade e entretenimento à região, pois também oferece noites de jazz e música popular brasileira. Os empreendedores Diego e Juliano Gola possuem uma empresa de comércio de pescados e estão acostumados a fornecer para os principais restaurantes japoneses da cidade. Mas, diante do crescimento de Santana, perceberam um ótimo negócio. Estão contentes com a decisão, ao se diferenciar da concorrência, e não precisar disputar os clientes por metro quadrado do Itaim e nos Jardins.

Word Brasil – Comunicação Empresarial Tel.: (11) 2671-0934, (11) 7733-4957 – Redação.

Bete Carriço: 7733-4956; Mariana Gamero: 9422-4562
atendimento@wordbrasil.com.br
www.wordbrasil.com.br